Lipoaspiração

Dra. Patricia Marques
Especialista pela Sociedade
Brasileira de Cirurgia Plástica

Remoção de Gorduras 

A lipoaspiração é a cirurgia que remove o excesso de gordura através de cânulas cirúrgicas que aspiram/sugam a gordura, remodelando e melhorando o contorno e a proporção corporais com pequenas cicatrizes, geralmente inferiores a 5mm.
São recomendados para pessoas no seu peso ideal, mas que apresentam gordura localizada que não reduzem com exercício físico e dieta balanceada. Pacientes com pele firme e elástica são melhores candidatos para fazer a cirurgia. É importante frisar que os procedimentos de contorno corporal não são indicados para tratar sobrepeso ou obesidade e não substituem a prática regular de atividade física e alimentação equilibrada.
Atualmente dispomos de 3 subtipos principais de lipoaspiração: convencional, vibrolipoaspiração e laserlipoaspiração. Apesar de apresentarem algumas diferenças técnicas o princípio permanece o mesmo e os resultados são semelhantes, não havendo técnica melhor ou pior.

A lipoaspiração convencional é a mais utilizada por ser simples, apresentar poucas complicações e não necessitar de nenhum equipamento especial. Após injeção de soro fisiológico com medicamentos para conter sangramento e dor no pós-operatório, o excesso de gordura é aspirado com movimentos lentos e ritmados. A gordura extraída pode ser descartada ou purificada e utilizada para aumentar outras partes do corpo como glúteos/bumbum, rosto e mamas.

A vibrolipoaspiração foi desenvolvida para facilitar o trabalho do cirurgião plástico, pois as cânulas são acopladas a um motor que faz pequenos movimento vibratórios, diminuindo a força necessária para remover o tecido gorduroso. A gordura obtida também pode ser reaproveitada para a enxertia.

A laserlipoaspiração ou laserlipólise é realizada através de cânulas ligadas a máquinas de laser que geram calor, com lesão somente da gordura e não dos vasos sanguíneos. Tem um efeito interessante de retração cutânea em áreas de flacidez moderada, como braços e face interna de coxas. As principais limitações do método são o custo elevado, o risco de queimaduras pelo laser e o tempo cirúrgico aumentado.
A cirurgia tem duração variável de 2 a 5 horas, de acordo com as áreas tratadas e deve ser realizada no hospital com anestesia geral ou anestesia local e sedação. No pós-operatório é necessário o uso de cintas compressivas e a drenagem linfática é importante para reduzir o inchaço e melhorar o desconforto.

 

 

 

Não Arrisque sua Saúde

Cirurgia plástica só pode ser executada em ambiente hospitalar e por médico com formação em cirurgia plástica reconhecida pela Sociedade Brasileira de Cirurgia Plástica. 

Vídeos 

Assista nossos vídeos sobre cirurgias e procedimentos em nosso canal clicando aqui

f_marcado.jpeg

Remodelar e melhorar o contorno corporal

Sobre a Cirurgia
Local da cirurgia: centro cirúrgico hospitalar
Tipo de anestesia: anestesia geral e peridural
Tempo de cirurgia: 2 a 5 horas, a depender das áreas tratadas 
Tempo de internação: 24 horas 
Pontos: retirados após 7 à 15 dias 
Cicatriz: pequenas cicatrizes posicionadas em locais pouco visíveis
Pós-operatório:

  • Desconforto na área operada, tratado com analgésicos e anti-inflamatórios

  • É comum queda de pressão nos primeiros 3 a 5 dias

  • Edema (inchaço) e equimose (roxo) acentuados com melhora progressiva nos primeiros 3 meses

  • Anestesia temporária de áreas da pele

É necessário utilizar malhas compressivas e realizar drenagem linfática após a cirurgia

Dúvidas? 

Se ficou com dúvida ou quer mais informações, clique abaixo e agende sua consulta!

 

PatriciaPrincipal_edited.jpg
WhatsApp-icone.png